Princípios básicos

Princípios básicos do Rotary

O Objetivo do Rotary

O Objetivo do Rotary é estimular e fomentar o ideal de servir, como base de todo empreendimento digno, promovendo e apoiando:

  • PRIMEIRO. O desenvolvimento do companheirismo como elemento capaz de proporcionar oportunidades de servir;
  • SEGUNDO. O reconhecimento do mérito de toda ocupação útil e a difusão das normas de ética profissional;
  • TERCEIRO. A melhoria da comunidade pela conduta exemplar de cada um em sua vida pública e privada;
  • QUARTO. A aproximação dos profissionais de todo o mundo, visando à consolidação das boas relações, da cooperação e da paz entre as nações.

 

 

As Avenidas de Serviços

As atividades dos Rotary Clubs se baseiam em cinco Avenidas de Serviços:

  • Os Serviços Internos enfatizam o fortalecimento dos clubes para que tenham relacionamentos sólidos e planos para o desenvolvimento do quadro associativo.
  • Os Serviços Profissionais incentivam todos os rotarianos a trabalharem com integridade e a usarem seus talentos em prol da comunidade. Saiba mais na publicação Introdução aos Serviços Profissionais.
  • Os Serviços à Comunidade enfatizam a importância do trabalho para melhorar a qualidade de vida dos menos privilegiados e para atender às necessidades locais. Leia a publicação Comunidades em Ação: Guia para Desenvolvimento de Projetos e confira uma apresentação em PowerPoint.
  • Os Serviços Internacionais exemplificam nosso alcance global para promover a paz e a compreensão mundial através de projetos e atividades.
  • Os Serviços à Juventude reconhecem a importância da capacitação dos jovens por meio de programas comoRotaractInteractRYLA e Intercâmbio de Jovens do Rotary.

 

 

Diversidade no Rotary

O Rotary International reconhece o valor da diversidade no quadro social dos clubes e os incentiva a buscar em suas comunidades sócios potenciais de diferentes grupos étnicos, religiosos, políticos, etc. Um clube que reflete a constituição demográfica e profissional da região é um clube que possui a chave para o futuro.

 

 

A Prova Quádrupla

A Prova, traduzida em mais de 100 idiomas, consiste nas seguintes perguntas:

Do que nós pensamos, dizemos ou fazemos

  1. É a VERDADE?
  2. É JUSTO para todos os interessados?
  3. Criará BOA VONTADE e MELHORES AMIZADES?
  4. Será BENÉFICO para todos os interessados?

 

O autor da Prova Quádrupla

taylor

Herbert J. Taylor

Nasceu em Pickford, Estado de Michigan.
Formou-se Advogado pela Universidade Northwester, Evanston
Atuou em bancos e indústrias de produtos em alumínio
Iniciou-se em RI em 1923, no RC Paulis Valley, Oklahoma
Foi Presidente do RC Rotary One em 1944/45, Governador, Diretor de RI e
Presidente de RI em 1954-55

A História da Prova Quádrupla

por Herbert J. Taylor

“Em 1932, fui encarregado pelos credores do Club Aluminium Products Company de evitar a falência e conseqüentemente fechamento da empresa. Atuava a mesma como distribuidora de utensílios de cozinha e devia uma importância superior a US$ 400.000 acima do ativo total. Estava falida, mas ainda viva. Nessa ocasião, um banco de Chicago emprestou-nos US$ 6.100, parcos recursos para prosseguir operando. Enquanto tínhamos um bom produto, nossos concorrentes comercializavam com material excelente, de marcas amplamente anunciadas. Nossa companhia dispunha de ótimos empregados, mas a concorrência igualmente os possuía. E, além disso, achava-se, naturalmente, em condições econômicas muito mais sólidas do que as nossas. Com tremendos obstáculos e desvantagens a enfrentar, sentimos a necessidade de criar em nossa organização algo com que os concorrentes não contassem com idênticas proporções.

Decidimos, então, que teria que girar em torno do caráter, da noção do dever e do espírito de servir do nosso pessoal. Determinamos principiar por selecionar cuidadosamente nossos colaboradores e, em seguida, ajudá-los a se tornarem melhores homens e mulheres, à medida que avançassem nas suas carreiras.

Acreditávamos na força da razão e resolvemos tentar o máximo para que estivesse ela sempre do nosso lado. A indústria a que nos consagrávamos, como acontecia a várias outras, tinha um código de ética – mas esse era muito longo e quase impossível de decorar e, portanto, impraticável. Concluímos que precisávamos de um padrão simples para avaliar a correção da nossa maneira de proceder e que pudesse ser rapidamente lembrado por todos da empresa. Entendíamos que o texto proposto não deveria apontar aos nossos empregados o que lhe competia fazer, porém, dirigir-lhes perguntas que lhes facilitassem verificar se seus planos, normas, informes e ações estavam certos ou errados. Consumiu-se bastante tempo em redigir o conjunto das quatro curtas interrogações que agora constituem a Prova Quádrupla.”

 

Código Rotário de Conduta

Como rotariano, me comprometo a:

1. Exemplificar o valor fundamental da integridade em todas as situações e atividades.

2. Usar minha experiência profissional e talentos para melhor servir ao Rotary.

3. Conduzir minha vida pessoal e profissional de maneira ética, incentivando e promovendo altos padrões éticos que sirvam de exemplo para todos.

4. Ser justo com todos, tratando-os com o respeito devido aos seres humanos.

5. Promover o reconhecimento e o respeito por todas as ocupações úteis à sociedade.

6. Oferecer os meus conhecimentos profissionais para propiciar oportunidades aos jovens, para mitigar as especiais necessidades de outras pessoas e para melhorar a qualidade de vida em minha comunidade.

7. Honrar a confiança que o Rotary e meus companheiros rotarianos depositam em mim, não fazendo nada que possa refletir neles de forma negativa.

8. Não procurar obter de outro rotariano, nem lhe ofertar, privilégios ou vantagens que não sejam normalmente concedidos em um relacionamento comercial ou profissional.