Autor icarai

poricarai

Atividades do Rotaract na Casa de Acolhimento

Por Luiz Antônio Américo de Sousa, presidente 2017-18, Rotaract Club de Niterói Icaraí

No dia 2 de junho, o Rotaract Club Niterói Icaraí fez uma visita à Casa de Acolhimento Lisaura Ruas.
Foi uma tarde de atividades, brincadeiras com as crianças.
O Rotaract levou muitos doces, além de uma doação de produtos de limpeza para a Casa de Acolhimento e uma bola nova para as crianças da instituição.
Ao final da visita o Rotaract foi convidado a participar da festa junina da Casa de Acolhimento, que ocorreu no dia 30 de junho.

O Rotaract compareceu à festa junina que foi organizada pela Casa com o apoio da Prefeitura. A festa junina contou com barraquinhas típicas, correio do amor, muita brincadeira e duas apresentações de dança das crianças da Casa.

Uma honra para o Rotaract ser convidado para a festa junina da Casa de Acolhimento, ter o reconhecimento das crianças e receber de volta o carinho delas.

 

 

poricarai

Junho: Mês dos Grupos de Companheirismo

Os Grupos de Companheirismo são formados por pessoas de diversos países que compartilham dos mesmos interesses. Participar de um deles é uma ótima maneira de fazer amizades no mundo todo, praticar um hobby, trocar experiências sobre a sua profissão e falar sobre Rotary.

Os grupos são abertos a rotarianos, seus familiares e ex e atuais participantes dos nossos programas. Contate o grupo do seu interesse diretamente pelo link fornecido.

Conheça os grupos existentes ou crie um novo grupo. Informe-se aqui.

poricarai

Maio: Mês dos Serviços à Juventude

As atividades e os programas do Rotary ajudam na formação e no desenvolvimento de líderes em sua comunidade. Capacite os jovens através da participação no Interact e Rotaract, incentive o envolvimento da comunidade patrocinando um Núcleo Rotary de Desenvolvimento Comunitário, compartilhe seus conhecimentos como membro de um Grupo Rotarianos em Ação e muito mais. 

Patrocine um Rotaract Club 
Patrocine um Interact Club
Organize um evento RYLA
Estabeleça uma bolsa de estudo
Inicie um intercâmbio
Promova as Bolsas Rotary pela Paz
Organize um NRDC
Forme um Grupo de Companheirismo
Junte-se a um Grupo Rotarianos em Ação

(Fonte: Rotary International)

 

 

poricarai

Conferência em pleno mar

Organizar uma Conferência Distrital exige muitas considerações. Em sua recente Conferência, o Distrito 6780 (EUA) usou uma abordagem inusitada realizando o evento em um navio de cruzeiro.

A governadora Deborah Alexander-Davis e sua equipe definiram duas metas: ajudar os novos associados a fazer conexões pessoais e propiciar a todos os participantes uma experiência significativa. O evento começou com companheirismo e networking para que os convidados se familiarizassem uns com os outros.

Mais tarde, durante um dia de serviços comunitários em Nassau, Bahamas, os participantes instalaram bibliotecas pré-construídas, restauraram mangues e pintaram prédios para o Exército da Salvação. A equipe trabalhou em estreita colaboração com o Distrito 7020 em Nassau e o presidente eleito do RI, Barry Rassin, que é das Bahamas, para planejar estes e outros cinco projetos humanitários.

O Distrito 6780 promoveu o cruzeiro lançando um desafio nas mídias sociais para ver qual clube obteria o maior número de curtidas e compartilhamentos por divulgar o evento. O entusiasmo com a iniciativa ajudou a atrair 201 participantes, alguns deles provenientes de outros seis distritos.

Mesmo que o seu distrito não realize sua Conferência em um navio, há cinco etapas que podem ser implementadas para uma Conferência de sucesso.

Saiba mais.

(Fonte: Boletim Rotary Training Talk, abril 2018)

 

 

poricarai

Rotary.org indicado ao Webby Awards

Por Ryan Hyland

O nosso site foi indicado para o Webby Awards, premiação anual da Academia Internacional de Artes e Ciências Digitais, que está na sua 22ª edição.

O Rotary.org está entre os cinco melhores websites da categoria “associações”.

“O Rotary e os outros indicados estão definindo um novo padrão de inovação e criatividade na internet”, afirma Claire Graves, diretora-executiva do Webby Awards. “Estar entre os melhores é uma conquista incrível.”

O Webby é o principal reconhecimento internacional por excelência na internet. O Rotary.org está concorrendo a dois prêmios: o Webby Award, cujos vencedores são selecionados pela Academia, e o Webby People’s Voice Award, cujos ganhadores são escolhidos pelo público.

A Academia julga os websites com base em diversos critérios: conteúdo, estrutura e navegação, design visual, funcionalidade, interatividade, inovação e experiência geral.

Para nos ajudar a vencer o People’s Voice Award, você pode votar até o dia 19 de abril. Os vencedores serão anunciados em 24 de abril, na cidade de Nova York.

Os outros indicados ao prêmio de melhor website de associação são:

  • Paso Robles Wine Country Alliance
  • 11th Macau Design Biennial
  • Trade Works for Us
  • Center for Court Innovation

Para ver a lista de todas as categorias e indicações, acesse webbyawards.com.

Vote hoje mesmo!

(Fonte: Rotary International)

 

poricarai

Inscreva-se na 33ª Conferência Distrital!

PALESTRAS, INFORMAÇÕES, PREMIAÇÃO, COMPANHEIRISMO!!

NÃO FIQUE DE FORA!! SE PROGRAME E PARTICIPE!!

** IMPORTANTE: Na hora da inscrição são solicitados login e senha.

O login será o seu e-mail que está cadastrado no Rotary. A senha foi gerada automaticamente pelo sistema e por conta disso a maioria dos rotarianos do distrito ainda não a conhece. Mas isso não é problema!! Insira seu endereço de e-mail e clique em esqueci minha senha. Na mesma hora o sistema lhe enviará uma mensagem (e-mail) com a senha para que finalize a inscrição (verifique o recebimento na caixa de entrada e também no lixo eletrônico)! É bem fácil e rápido!!

Se não receber, provavelmente seu endereço de e-mail está diferente do informado ao Rotary. Neste caso, somente o secretário de seu clube ou presidente poderá acessar o banco de dados e verificar o endereço cadastrado e as senhas de cada associado deste clube. Desta forma, ele poderá lhe informar os seus dados para inscrição ou até mesmo finalizar as inscriçoes dos membros do clube que desejarem participar do evento de forma bem prática.

** APÓS A INSCRIÇÃO, O SISTEMA ABRE A POSSIBILIDADE PARA QUE VOCÊ ATUALIZE SEUS DADOS, TROQUE DE SENHA, ALÉM DE OUTRAS INFORMAÇÕES.

A SUA INSCRIÇÃO É GRATUITA E JÁ ESTÁ FEITA!! EDITAR SEUS DADOS É APENAS UMA OPÇÃO POR JÁ ESTAR LOGADO NO SISTEMA!

Acesse: http://www.rotary4750.org.br/evento/426

(Fonte: Site do Distrito 4750)

 

poricarai

1º Concurso de Trovas “Companheiro Josias Ávila” do Distrito 4750 de Rotary International

Participe do 1º Concurso de Trovas do Distrito 4750!

Envie sua trova sobre o tema “O Rotary faz a diferença” até o dia 1 de maio de 2018 para Helter Barcellos para o e-mail helter@centroin.com.br. A premiação será feita no dia 27 de maio, na Conferência Distrital que será realizada em Búzios.

Baixe o regulamento aqui.

 

 

poricarai

Portal ajuda a popularizar o interesse pela matemática entre os estudantes

Por Débora Motta

No momento em que o Brasil celebra o Biênio da Matemática 2017-2018, um projeto vem ajudando a popularizar o gosto pela Matemática entre os alunos do Ensino Médio e pode ser utilizado como uma ferramenta de apoio à didática de professores da disciplina. Trata-se do portal Antena Brasileira de Matemática (www.antenabrasil.uff.br), uma iniciativa coordenada pela professora Simone Dantas, do Instituto de Matemática e Estatística da Universidade Federal Fluminense (IME/UFF), em parceria com a professora Telma Pará, da Escola Técnica Estadual Adolpho Bloch, ligada à rede Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec-RJ), e também pesquisadora do Laboratório de Sistemas de Potência (Lasp), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O projeto recebeu apoio da FAPERJ por meio do edital Apoio à Difusão e Popularização da Ciência e Tecnologia no Estado do Rio de Janeiro.

A Antena Brasileira de Matemática é um núcleo de pesquisa, criado em 2008, que se integra à rede de antenas mundiais Maths à Modeler, lideradas pelo professor Sylvain Gravier, da Université Grenoble Alpes, na França, que atualmente é diretor de pesquisa do Centro Nacional de Pesquisa Científica – o Centre National de la Recherche Scientifique, CNRS, considerado a maior agência pública de fomento à pesquisa científica da França. “O Sylvain foi meu orientador durante o doutorado-sanduíche que realizei na França e hoje participa do projeto coordenando essa rede de antenas, que são núcleos de popularização da Matemática, na França e na Bélgica”, conta Simone.

O objetivo dessa rede de pesquisa é difundir entre os estudantes, de forma lúdica, com jogos e brincadeiras, o gosto pela Matemática e, especialmente, introduzi-los ao estudo de um ramo dessa disciplina denominado “Matemática Discreta e Combinatória” – que trata, entre outros conteúdos, de problemas de contagem, como Permutações e Combinações, além da Teoria dos Grafos. Simone explica que essa área da Matemática, estudada por alunos de graduação em Matemática, Engenharias e Ciências da Computação, por exemplo, utiliza representações com grafos para analisar as relações entre os objetos de um determinado conjunto e, assim, tentar elucidar diversas questões presentes no nosso dia-a-dia.

“Imagine a relação de uma pessoa com seus amigos em uma determinada rede social. As pessoas podem ser consideradas como pontos, chamados de vértices e, se duas pessoas são amigas, estes dois pontos são ligados por uma linha, chamada de aresta; esta estrutura é denominada grafo”, resume Simone, que também dá aula de “Matemática Discreta” na graduação em Ciências da Computação da UFF. Os grafos são uma estrutura matemática utilizada para representar diversas situações de interesse prático, e que pode ajudar na resolução de questões em áreas diversas, como na Biologia ou nas Ciências da Computação. “É possível pensar matematicamente as relações de evolução entre DNAs, por exemplo, usando a teoria dos grafos”, acrescenta.

Para popularizar esse tema de forma divertida entre os jovens, o grupo da Antena Brasileira de Matemática vem realizando diversos minicursos, workshops, seminários de análise combinatória, concursos de curtas-metragens voltados para a ciência, intervenções em sala de aula e outras atividades em escolas da rede Faetec e no Colégio Pedro II, no Rio, além de acompanhar, durante viagens de intercâmbio de pesquisa, atividades de difusão da Matemática nas escolas da França, realizadas pelo Maths à Modeler. “Nossas atividades envolvem pessoas de diversas idades e níveis de escolaridade que contribuem, desde a confecção dos materiais disponíveis no portal, até a sua participação em jogos, vídeos, apostilas e artigos. Em todas estas atividades proporcionamos a experimentação do ‘fazer pesquisa’ e o despertar do interesse matemático entre os alunos e o grande público”, diz ela.

Um dos jogos utilizados para tornar mais atraente o ensino de Matemática nas escolas é o Clobber, que trabalha noções de combinatória. O jogo começa com o posicionamento de pedras pretas e brancas nos vértices de um grafo. O movimento consiste em pegar uma pedra e eliminar outra da cor oposta, localizada no vértice adjacente, ocupando assim o seu lugar. O jogo termina quando não for mais possível movimentar as pedras. O objetivo é terminar com o menor número de pedras no tabuleiro.

Outro objetivo do projeto é ajudar no treinamento de recursos humanos na área de Matemática, propondo técnicas pedagógicas lúdicas para alunos do curso de Licenciatura no Instituto de Matemática e Estatística da UFF, que estão se preparando para seguir a carreira de professor ou fazendo uma reciclagem na área. “O projeto também tem contribuído na formação dos alunos de Licenciatura e na reciclagem de professores de Matemática, por meio da apresentação de novas técnicas de ensino mais compatíveis com o cotidiano”, fala Simone.

Apesar de a pesquisa em Matemática brasileira ter conquistado avanços, como a recente entrada do País no “Grupo 5” – o grupo das cinco maiores potências do mundo em pesquisa na área –, segundo classificação da União Matemática Internacional (veja reportagem da FAPERJ sobre o tema aqui: http://www.faperj.br/?id=3525.2.0), a professora reforça que há todo um trabalho de educação básica a ser feito para a melhoria do ensino da disciplina nas escolas.

“Esse ranking refere-se à excelência que temos em pesquisa superior em Matemática, mas, ao mesmo tempo, precisamos fazer com que os alunos tenham uma educação de qualidade na escola para terem a oportunidade de chegar até o nível de pesquisa. Precisamos despertar o interesse pela Matemática desde cedo. Parece que existe, no senso comum, um orgulho de a pessoa dizer que detesta a disciplina, o que demonstra que o ensino precisa ser mais interessante”, conclui.

(Fonte: FAPERJ)