Ações pela paz na América Latina

poricarai

Ações pela paz na América Latina

Wendy Pacay é bolsista do Rotary pela Paz, programa patrocinado pela Fundação Rotária, e estuda no Centro Rotary pela Paz na Universidade de Chulalongkorn, em Bancoque, Tailândia. Em seu relato conta sobre sua infância e a escola que teve oportunidade de frequentar.

A despeito do ensino primário ser obrigatório e ser provido gratuitamente pelo governo, Wendy, que é natural da Guatemala, relata que as meninas estudam em média somente por 4,1 anos. Além disso, 25% da população são analfabetos, em sua grande maioria de origem indígena. As escolas públicas localizadas nas regiões rurais do país não possuem material pedagógico adequado, e a evasão escolar é grande, pois as crianças e os jovens precisam ajudar suas famílias na lavoura.

Ao retornar à Guatemala, após o término do seu curso de pós-graduação, ela pretende continuar lutando em favor dos direitos humanos, principalmente de mulheres e meninas, para que tenham acesso à educação de qualidade.

(Rotary Voices, 14/9/2017)

~~~~~

Ana Laura Zavala Guillen, na Universidade de Sheffield.

Ana Laura Zavala Guillen foi bolsista Rotary pela Paz do programa de doutorado entre 2011 e 2013, na Universidade de Bradford, Inglaterra. Ela é natural da Colômbia. Pesquisou sobre a cidade de San Basilio del Palenque, última comunidade formada por escravos fugitivos durante o século XVII, que perdeu boa parte de suas terras durante os conflitos armados das FARC.

Ao retornar à Colômbia, realizou um seminário em San Basílio sobre a importância dos arquivos em tempos de construção da paz. Ana Laura acredita que agora, após o acordo de paz entre o governo colombiano e as forças revolucionárias, suas descobertas nos documentos da comunidade que pesquisou contribuirão como evidências para a recuperação dos territórios perdidos pelas comunidades étnicas.

Outro propósito de seu trabalho é criar um arquivo na cidade de San Basilio, em que pessoas interessadas e as gerações mais jovens poderão examinar e interpretar os registros históricos do período colonial, com o objetivo de promover a justiça territorial para as comunidades desfavorecidas.

Assista ao vídeo de uma parte do seminário e leia seu relato aqui.

(Rotary Voices, 3/11/2017)

Leia outros relatos de serviço rotário no blog Rotary Voices

 

 

Sobre o Autor

icarai administrator