Maior flexibilidade para clubes

poricarai

Maior flexibilidade para clubes

O Conselho de Legislação de 2016 aprovou resoluções que deram maior flexibilidade ao funcionamento interno dos Rotary Clubs. Veja a seguir um resumo das medidas:

Segundo pesquisas e as experiências dos rotarianos, quando o clube tem a liberdade de decidir como e quando se reunir, admitir quem quiser e usar sua própria definição de engajamento ele é mais capaz de atrair novos associados e manter os atuais motivados.

Como jamais visto antes, o  de 2016 aprovou maior flexibilidade aos clubes. As mudanças das normas abrangem quando, onde e como os clubes se reúnem e também os tipos de associação que oferecem.

Cinco maneiras para o seu clube ter mais flexibilidade

O seu clube pode decidir se deseja adotar as novas opções de flexibilidade e como usá-las. Para começar, leia os Estatutos Prescritos para o Rotary Club para decidir quais mudanças podem beneficiar seu clube. Após, é só alterar seu Regimento Interno para refleti-las e colocá-las em prática. Dentro dos novos padrões, você pode sempre tentar algo diferente se o método atual não estiver funcionando.

Alguns exemplos de como o seu clube pode aplicar as novas opções de flexibilidade:

  1. Mude a programação da reunião. Seu clube pode variar dia, horário e frequência de reuniões. Por exemplo, você pode realizar uma reunião tradicional na primeira terça-feira do mês para tratar assuntos administrativos e projetos, e organizar um encontro social na última sexta-feira do mês. Desta maneira, ele atende à exigência de realizar no mínimo duas reuniões por mês.
  2. Varie seu formato de reunião. Seu clube pode realizar reunião presencial, on-line ou uma combinação destes dois formatos ao mesmo tempo, dando aos associados a opção de acompanharem ou não a reunião virtualmente.
  3. Atenue os requisitos de comparecimento. O seu clube pode atenuar os requisitos de comparecimento a reuniões para incentivar os rotarianos a participarem de outras maneiras, como desempenhando funções de liderança, atualizando o site do clube regularmente, organizando reuniões ou planejando eventos. Se o seu clube for dinâmico e oferecer uma excelente experiência a seus associados, o índice de comparecimento deles nas atividades do clube não será um problema.
  4. Ofereça vários tipos de associação. O seu clube pode oferecer um tipo de associação que possibilite ao associado envolver sua família no clube, associação júnior para profissionais em início de carreira ou associação corporativa para atrair funcionários de empresas que queiram estar representadas no clube. Cada tipo de associação pode ter suas próprias normas quanto a cotas, comparecimento a reuniões/atividades do clube e participação em projetos. Aqueles que pagarem cotas per capita ao RI serão considerados rotarianos representativos e entrarão na contagem de associados do seu clube.
  5. Convide rotaractianos para se associar ao seu clube. Você pode convidar rotaractianos para se associar ao seu Rotary Club sem que eles tenham que abandonar seu Rotaract Club. Se o clube escolher, poderá providenciar acomodações especiais para os rotaractianos, como requisitos menos rígidos de comparecimento a reuniões ou taxas reduzidas, contanto que toda decisão neste sentido conste do Regimento Interno do clube.

(Fonte: Rotary.org, foto: Distrito 4561)

Leia mais sobre esse assunto aqui.

Sobre o Autor

icarai administrator