“A documentação como ferramenta de preservação da memória”

Sob esse título a bibliotecária da Universidade Federal Fluminense, com especialização em restauração e conservação de obras raras, Anne Marie Lafosse Paes de Carvalho, mostrou no último dia 2 de outubro, aos companheiros presentes, em sua palestra, a importância da preservação de documentos para produzir a história de uma instituição.

Foto0366

Falou da criação do Serviço de Patrimônio Artístico Nacional por Mário de Andrade, em 1936, e como é definido o termo patrimônio, qual o valor agregado e qual a finalidade do controle documental. Mencionou também a importância de se preservar a Memória Institucional, por meio de procedimentos de organização de seu acervo.

Atualmente, com a valorização da Memória Institucional, a utilização de novas tecnologias proporciona acesso rápido às informações. Enfatizou que é fundamental que essas informações, encontradas em diversos suportes, devem estar reunidas em acervos armazenados e organizados corretamente.

Foto0370

Tendo em vista os 20 anos de fundação do Rotary Club de Niterói Icaraí em março de 2014, será lançada em breve a campanha de comemoração de seu aniversário com atividades diversas e a organização de seu acervo, que se traduz em sua Memória Institucional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *