Rotary Icaraí encerra 2012 com palestra e homenagem ao Maestro Roberto Duarte

poricarai

Rotary Icaraí encerra 2012 com palestra e homenagem ao Maestro Roberto Duarte

Na quarta-feira, 19 de dezembro, aconteceu a última reunião do Rotary Club de Niterói Icaraí no ano de 2012. Emocionante e inesquecível é pouco para descrever a reunião. O salão estava cheio!

Tivemos a honra de receber o Maestro Roberto Duarte, que fez uma brilhante explanação sobre a história de Niterói e a nossa tradição musical com o tema “A Música em Niterói“. A apresentação do palestrante foi feita pelo Companheiro Luiz Carlos, que conhece o Maestro há longa data, mas não o via há mais de 50 anos!

Em seguida, para sua surpresa, o Maestro foi homenageado pelo Rotary, recebendo o Prêmio “Profissional do Ano de 2012“. Presentes estavam, além dos rotarianos do Clube, diversos familiares e vários colegas e amigos do Coral de Câmara de Niterói, que foi fundado pelo Maestro Roberto e que teve uma trajetória de sucesso durante sua existência, destaque para Isa, Vasthi e Inácio de Nonno, que vieram do Rio exclusivamente para prestigiar o Maestro!

Antes da entrega do troféu, todos os presentes tiveram a oportunidade de assistir a um vídeo com depoimentos (12 ao todo) de amigos e familiares sobre o grande Regente, que ficou muito emocionado com essa homenagem inesperada.

Leia ao final deste relato a íntegra da homenagem prestada ao Maestro Roberto Duarte pela Companheira Brigitta.

121219-rduarte9121219-rduarte7121219-rduarte6121219-rduarte1121219-rduarte

 

“Rotary Club de Niterói Icaraí
Distrito 4750

Prêmio “Profissional do Ano” – 19 de dezembro de 2012

Gostaria de iniciar minhas palavras com duas citações extraídas do livro “Música Contemporânea Brasileira”, do musicólogo e professor de Musicologia e História da Música José Maria Neves, de quem tive o privilégio de ser aluna no Instituto Villa-Lobos da UniRio:

“Como em todo o mundo, a Música Brasileira de hoje reflete o dilema dilacerante entre o nacional e o internacional, entre a busca de expressão da realidade sociocultural de um determinado povo e a adesão a formas de expressão de maior alcance internacional e não necessariamente comprometidas nas lutas pela autodeterminação artística e cultural de uma comunidade particular.”

E a segunda:

“Não é coisa nem fácil nem cômoda discutir as tendências da música contemporânea, em geral, e da música contemporânea no Brasil, em particular. […] O risco de ser incompleto é inerente à própria natureza de um trabalho desse gênero. José Maria Neves ousou escrevê-lo.”

E eu diria, por analogia, que certamente “não é coisa nem fácil nem cômoda” executar obras de compositores brasileiros, alguns deles citados no livro de José Maria Neves.
Mas o Maestro Roberto Duarte ousou e ousa fazê-lo!

Em recente entrevista, afirmou que a “descoberta” da Música Brasileira, foi uma consequência natural dos seus preparativos para o Concurso Internacional de Regência do Festival Villa-Lobos, em 1975, quando recebeu o Prêmio Serge Koussevitsky por seu desempenho magistral como regente.

Pronto! Foi “contagiado” pelo vírus da Música Brasileira!

Para comprovar o que acabo de afirmar, vamos assistir agora a um breve vídeo.

O Rotary é uma organização presente em todo o mundo, que presta serviços humanitários e educacionais e tem, dentre seus princípios, o reconhecimento profissional e a condução das atividades profissionais no mais alto padrão de Ética.

O Prêmio “Profissional do Ano” tem como objetivo reconhecer profissionais de notória competência, que pratiquem a sua profissão com elevado padrão ético e que demonstrem elevado nível de responsabilidade social.

Maestro, ou melhor: Roberto – vou me permitir chamá-lo assim,

Você foi escolhido pelo Quadro Associativo do Rotary Club de Niterói Icaraí para receber o Prêmio “Profissional do Ano” pelo seu perfil de excelente profissional da Música, pela sua indiscutível competência como Regente e Pianista e pela respeitada autoridade como Revisor da obra do gênio musical Heitor Villa-Lobos. Além disso, é amplamente reconhecido por seus familiares e amigos, como sendo uma pessoa ética, otimista, e que se preocupa com o outro, sem esperar nada em troca.

Os depoimentos, aos quais assistimos há pouco, comprovam.

Desta forma, os associados do Rotary Club de Niterói Icaraí se sentem profundamente honrados em lhe outorgar o Prêmio “Profissional do Ano 2012”, materializado por esse singelo, porém significativo troféu.

Solicito, agora, a todos os presentes que fiquemos de pé para que o presidente Paulo José Pereira de Resende, em nome dos associados do Rotary Club de Niterói Icaraí, passe às suas mãos o troféu representativo desse Prêmio.

O troféu é uma alegoria à Música, representada pela figura feminina segurando dois pratos como se quisesse batê-los. Possui, ainda, traços étnicos, lembrando-nos do imenso continente africano, que, segundo os antropólogos, deu origem à raça humana.

Parabéns, Maestro Roberto Duarte! Parabéns, prezado Amigo!

Muito obrigada!”

 

 

Sobre o Autor

icarai administrator

Deixe uma resposta