Distritos se candidatam à fase experimental do Plano Visão de Futuro

Por Arnold R. Grahl, Notícias do Rotary International

Cinquenta e oito distritos já se inscreveram para participar da fase experimental do Plano Visão de Futuro, e a estimativa é de que um total de 175 a 200 se registrem até o prazo final de 15 de maio.

“Ainda é cedo demais para analisar a distribuição geográfica e outros detalhes do grupo de distritos interessados em participar da fase experimental”, disse o integrante da comissão Visão do Futuro e ex-diretor do RI, Mark Maloney, aos coordenadores regionais da Fundação Rotária durante o treinamento destes em Chicago.

Clique aqui  para visualizar toda notícia…

“Mas o que já podemos garantir é que a Fundação terá um grupo suficientemente grande e diverso de inscritos para garantir a representatividade do mundo rotário e possibilitar que testemos o Plano Visão de Futuro”, ele afirma.

Maloney solicitou aos coordenadores regionais da Fundação Rotária que promovam o plano em seus distritos e a Fundação pede que eles garantam cinco inscrições em cada região.

“Os curadores acreditam que o Plano Visão de Futuro simplifica os programas da Fundação e a administração destes, além de garantir que os resultados sejam consistentes com a missão da Fundação Rotária, propiciar maior gerenciamento local e prover recursos necessários para alcançar as metas de nossa Fundação” justifica Maloney.

A fase experimental do Plano Visão de Futuro , que terá início em 1º de julho de 2010, é um teste com duração de três anos de uma nova estrutura de subsídios. Os distritos têm até 15 de maio para candidatar-se on-line para participar.

Buscando simplificar o processo de pedido de fundos, o plano oferece apenas dois tipos de subsídios: Subsídios Distritais da Fundação Rotária e Subsídios Globais da Fundação Rotária . Os subsídios distritais, baseados nos já existentes Subsídios Distritais Simplificados, podem ser usados para uma grande variedade de atividades. Os Subsídios Globais apoiam projetos internacionais de grande porte, auto-sustentáveis e de grande impacto em uma das seis áreas de enfoque.

Os governadores eleitos, presidentes de comissão distrital da Fundação Rotária e coordenadores regionais da Fundação Rotária receberão treinamento para a fase experimental imediatamente antes da assembléia internacional de 2010 em San Diego, EUA. Clubes dos distritos participantes desta fase receberão treinamento durante o ano rotário de 2009-10.

Maloney salientou que os distritos que participarem da fase experimental farão parte do processo de refinamento da estrutura de subsídios, receberão apoio e serviço especializados e terão acesso mais rapidamente a verbas que poderão ser usadas da maneira que bem entenderem. De acordo com o atual programa de Subsídios Distritais Simplificados, os distritos podem solicitar apenas 20% de seu FDUC, enquanto que na nova estrutura de subsídios eles poderão solicitar até 50%.

Por outro lado, os distritos participantes deverão assumir um compromisso de três anos, e preparar-se para ser pacientes e flexíveis já que algumas mudanças deverão ocorrer com o desenrolar da fase experimental.

“Estamos em um momento único de mudança e oportunidades”, reflete Maloney.

John Osterlund, gerente geral da Fundação, explicou aos coordenadores regionais da Fundação Rotária que as doações à entidade no atual momento econômico são mais importantes do que nunca. Ele observou que as contribuições este ano superaram as do mesmo período no ano passado em 1%.

“Apesar das dificuldades, não deixaremos de cumprir nosso compromisso com as crianças do mundo e com a erradicação da pólio”, garante Osterlund. “Na atual situação econômica, desejo que os rotarianos percebam a importância de suas contribuições à Fundação Rotária. Comunidades no mundo inteiro contam conosco. Não podemos decepcioná-las.”