Volta Redonda copia modelo da Casa de Ana

poradmin

Volta Redonda copia modelo da Casa de Ana

Jornal Folha de Niterói, Cidade, p.2

O programa de adoção de crianças, desenvolvido pela Associação Quintal da Casa de Ana, deverá servir de modelo para Volta Redonda. O município quer importar a experiência bem sucedida de Niterói e para isso enviou uma equipe para visitar a sede da ONG, no dia 15.

Para conhecer o trabalho e o programa Um Lar Para Todos, vinte profissionais, voluntários e os promotores da Vara da Infância e Juventude de Volta Redonda Roberto Mauro Magalhães Carvalho Junior e Luciane Tesch de Abreu contaram com ajuda e orientação da assistente social da Casa de Ana, Karla Alevato, e da psicóloga que coordena o programa, Fabiana Bittencourt.

De acordo com Karla, foram apresentados todos os programas sociais aos visitantes, entre eles Um lar Para Todos e a Escola de Família, que é direcionada aos pais que têm filhos em abrigos e querem trazê-los de volta à família. “A participação de organismos como o Judiciário e de famílias que já têm crianças adotadas e abrigos é de fundamental importância para a criação de uma associação nos moldes do Quintal de Ana”, afirmou a assistente social, ao lembrar que a Casa conta com o apoio da Prefeitura e de outras organizações sociais.

Na opinião de Fabiana Bittencourt, também é fundamental que haja um intercâmbio entre os grupos de apoio à adoção. “A nossa luta é para que a criança tenha o direito à convivência familiar, garantida pela Constituição e pelo estatuto da Criança e do Adolescente. Esta convivência deve existir junto da família biológica ou através da adoção. O importante é que a criança cresça dentro de um lar, e é para isso que trabalhamos”, disse a coordenadora.

Sobre o Autor

admin administrator