Mensagens do Presidente de RI

poradmin

Mensagens do Presidente de RI

John Kenny, presidente do RI

Setembro 2009

Caros Rotarianos:

Segundo Lord Byron, “Nossos dias de juventude são nossos dias de glória”. Esta citação me vem à cabeça toda vez que ouço falar nos programas pró-juventude do Rotary. Setembro é Mês das Novas Gerações – um momento de prestar atenção nestes programas e em seu papel de formador dos rotarianos do futuro.

Nossos programas pró-juventude – Interact, Rotaract, RYLA e Intercâmbio de Jovens – são alguns dos mais importantes programas do Rotary. Digo isto tendo em mente seu potencial único de influenciar jovens mentes e espíritos, encaminhando-os na direção da paz, boa vontade e harmonia. As experiências que temos na juventude nos acompanham pelo resto da vida, moldando nossa personalidade de adultos. Segundo palavras muitas vezes atribuídas a São Francisco Xavier, “Dê-me uma criança pelos seus primeiros sete anos de vida e eu lhe devolverei um homem”. Na minha opinião, demora um pouco mais do que isso, mas sem dúvida nossas experiências de juventude têm muito mais influência no nosso caráter do que aquelas que temos na vida adulta.

Quando um adolescente americano tem a chance de participar de um Dia Nacional de Imunização na Índia, ou um jovem brasileiro passa um ano estudando no Japão, eles nunca mais serão os mesmos. Estes jovens terão estabelecido conexões e laços que durarão para sempre. Eles nunca mais verão seu país ou o mundo da mesma maneira. Sua perspectiva, suas prioridades e seus valores terão sido permanentemente moldados por sua experiência de uma maneira que não será reproduzida por experiências posteriores.

As impressões dos jovens são marcantes e duradouras. Nós crescemos e mudamos à medida em que envelhecemos, mas nunca mais poderemos reconstruir nossa essência. Isto só acontece uma vez — na juventude.

Os dias de nossa juventude realmente são nossos dias de glória – mas com os programas pró-juventude, esses dias são também a glória da nossa organização.

John Kenny
Presidente, Rotary International

Agosto 2009

Caros Rotarianos:

É importante termos sempre em mente que o Rotary é uma organização formada por voluntários, líderes em seus campos de atuação. Ao se dirigir a essas pessoas, nunca achei apropriado fazer exigências a elas. Todo Rotary Club é, e deve continuar sendo autônomo. O Rotary International existe não para controlar, mas para motivar e guiar os rotarianos.

Sendo assim, quando no Rotary falamos sobre a importância do quadro social, acredito que devemos ter em mente que a experiência primordial para a grande maioria em termos de Rotary é o clube, com suas reuniões, projetos e companheirismo.

Quando Paul Harris fundou o primeiro Rotary Club 104 anos atrás, ele não pensou inicialmente em prestar serviços. Em vez disso, pensou num local onde pessoas de bom caráter, inteligentes e éticas pudessem desfrutar da companhia de pessoas afins. A prestação de serviços veio depois, com o crescimento natural do Rotary.

Todo bom rotariano que acredita e segue os valores centrais do Rotary fortalece o clube, tornando-o mais atraente para outras pessoas. Se trouxermos pessoas erradas ao clube o efeito pode ser totalmente inverso. Rotarianos são e devem ser pessoas gabaritadas e idôneas, com capacidade de alcançar grandes feitos, com sabedoria e força de caráter para guiar todas suas ações com honestidade e competência.

Acredito que a melhor forma de trazer novos sócios ao Rotary é como temos feito há tempos: O rotariano convida um amigo, colega ou cliente escolhido a dedo para uma reunião, e se der certo o sócio apresenta seu convidado para se associar ao clube. Esta é a forma que nossos clubes permanecem harmoniosos; esta é a maneira que os novos clubes passam a celebrar inúmeros aniversários e os novos sócios se tornam rotarianos para a vida toda.

Os desafios que enfrentamos hoje em dia com o quadro social são consideráveis e de certa forma novos. Não há como ignorar as dificuldades impostas pela situação financeira atual. Nas palavras de Henry Ford: “Se dinheiro é a sua esperança de independência, você jamais a terá. A única segurança real que o homem pode ter neste mundo é o conhecimento e a capacidade de trabalho”. Contanto que todos nós façamos o nosso trabalho, e trouxermos novos sócios de forma cautelosa, nós no Rotary não precisaremos ir atrás desta segurança.

John Kenny
Presidente, Rotary International

Julho 2009

Companheiros rotarianos

Segundo a tradição, cada presidente do Rotary International tem a oportunidade de escrever uma mensagem mensal a todos os rotarianos, a qual é publicada nesta revista. Sinto-me grato pela oportunidade de me comunicar com cada um de vocês, pois acredito veementemente que O Futuro do Rotary Está em Suas Mãos.

É uma grande honra para mim ter sido escolhido como o primeiro presidente escocês do RI e ter o privilégio de servir aos rotarianos. Pois não haveria RI, conselho diretor, sede mundial, nem convenção internacional se não fossem as reuniões semanais dos rotarianos em seus clubes.

No Rotary, tudo o que somos e que queremos ser está nas mãos dos rotarianos e seus clubes. Se nossos clubes forem administrados eficazmente e suas reuniões bem conduzidas, se o serviço que prestamos for planejado com cuidado e executado com competência, se nossos sócios forem qualificados, honestos e respeitados em suas profissões e comunidades, o Rotary vai prosperar. E é por isso que afirmo que O Futuro do Rotary Está em Suas Mãos.

Recursos hídricos, saúde, combate à fome e alfabetização serão algumas de nossas ênfases no próximo ano. Neste novo ano rotário, peço a rotarianos no mundo todo que continuem a aprender com suas experiências. Que continuem a trabalhar pela saúde e bem-estar não só das crianças, mas da humanidade. Peço-lhes que dediquem atenção especial a recursos hídricos e saneamento básico, já que a falta de acesso a água potável é um problema cada vez mais grave em muitas partes do mundo.

Existe um provérbio escocês de que gosto muito – We must look beyond our own parish pump. Ele significa que devemos olhar além de nossa própria comunidade, não esquecendo de que ela é apenas uma das diversas comunidades entre as milhares que compõem o mundo.

E em cada uma dessas comunidades há trabalho a fazer. Como rotarianos, não nos limitamos a observar passivamente. Aceitamos nossa responsabilidade. Podemos, e devemos agir. Porque sabemos que o Rotary é grandioso graças a seus clubes. E nossos clubes são grandiosos graças a seus sócios.

O Futuro do Rotary Está em Suas Mãos.

John Kenny
Presidente, Rotary International

Relato de viagem do presidente John Kenny

Julho de 2009

Estou orgulhoso por representá-los nos próximos 12 meses. Vocês são o futuro do Rotary e a esperança de um mundo melhor. Como diz o meu lema, O Futuro do Rotary Está em Suas Mãos. Aguardo ansioso a oportunidade de visitar projetos e conhecer muitos rotarianos durante minhas viagens.

O Rotary foi fundado com a ideia de que pessoas íntegras, inteligentes e éticas trabalhando juntas conseguiriam realizar muito mais do que se trabalhassem sozinhas. Observo isso toda vez que visito um Rotary Club ou projeto de sucesso.

Mesmo como presidente eleito, os rotarianos me receberam de braços abertos em seus clubes, mostrando o que vinham fazendo para tornar o mundo um lugar melhor para todos. Em Pune, Índia, me comovi com uma menina cega que leu para mim o certificado de organização de seu Interact Club em braile. Ainda na Índia eu pude admirar o trabalho de rotarianos ajudando a erradicar a pólio durante um Dia Nacional de Imunização.

Como milhares de rotarianos, gostei especialmente de participar da convenção do RI em Birmingham, Inglaterra. Conheci tantos rotarianos, rotaractianos , Bolsistas Rotary pela Paz Mundial e outros membros da família rotária empolgados e dedicados. Fiquei impressionado com a diversidade de projetos expostos no Centro de Confraternização e com a variedade de temas das sessões abertas, de métodos de arrecadação de fundos a retenção do quadro social. Com palestrantes como Mia Farrow e Jane Goodall, as sessões plenárias foram imperdíveis. Se não tiverem podido participar da convenção de 2009, não deixem de ver sua cobertura no site www.rotary.org , e considerem inscrever-se para a próxima convenção a realizar-se em Montreal, quando comemoraremos 100 anos de Rotary no Canadá.

Nas convenções do Rotary, temos a oportunidade de experimentar a força da organização. Ao conhecer rotarianos do mundo inteiro, vemos como os clubes trabalham juntos, através de seus distritos, em colaboração com outros clubes e distritos e com o apoio da nossa Fundação Rotária. E observamos que no final das contas, tudo o que conseguimos fazer depende da força de nossos clubes.

Acompanhem minhas visitas a Rotary Clubs do mundo inteiro lendo meus relatos de viagem para saber mais sobre alguns dos rotarianos que conhecerei e projetos que visitarei neste ano como presidente do RI. Visitem também a página do presidente onde podem ler minha biografia, assinar meu livro de visitantes, saber mais sobre meus grupos de apoio e comissões, além de ler mensagens minhas.

Sobre o Autor

admin administrator